Para que seu carro não saia da linha, você precisa saber de alguns detalhes de como, quando e por que se deve fazer o alinhamento de rodas. O alinhamento é especificado pelo fabricante do veículo a fim de oferecer uma maior eficiência de rolamento, melhor dirigibilidade e otimização do grau de esterção.

Qualquer alteração que ocorra nas especificações de alinhamento, ocasionada por impacto, trepidação, compressão lateral e desgaste dos componentes da suspensão, poderá comprometer o bom comportamento do veículo. Ou, ainda, provocar um desgaste irregular e prematuro da banda de rodagem.

Quando Alinhar

• a cada 10.000 km;
• problemas mecânicos (suspensão);
• desgaste irregular dos pneus;
• desconforto e insegurança ao dirigir;
• quando o veículo puxa a direção para um dos lados.

Causas

• desgaste prematuro das peças;
• folgas;
• desgaste irregular e prematuro dos pneus;
• estacionar apoiando rodas na guia;
• pancadas nas rodas causadas por buracos;
• constantes trepidações em pavimentos irregulares.

Convergência
Divergência

Ajuste das rodas do eicho direcional, de modo que fiquem mais fechadas na parte dianteira do que na traseira. Assim se evita que as rodas "dancem", provocando desgaste excessivo e irregular das bandas.
Ajuste das rodas do eixo direcional, de forma a ficarem mais fechadas na parte traseira do que na dianteira. A divergência demasiada provoca desgaste excessivo da banda nas raias externas e na área do ombro.